• Gaeco realiza operação de combate a venda ilegal de armas e munições no MA

    Uma operação, realizada na manhã desta terça-feira (14), cumpriu mandados de prisão preventiva e ordens de busca e apreensão domiciliar e empresarial em cidades do Maranhão. A operação teve como objetico o combate à venda ilegal de armas e munições.

    A ação foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estado do Maranhão (Gaeco), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Civil e dos Grupos de Atuação Especial de Inteligência e Segurança Institucional do Pará e do Maranhão (GSI/MP-PA e CAEI/MP-MA). A operação contou, também, com a participação do Gaeco/MP-PA.

    A operação conjunta dos Gaeco do estado do Pará e Maranhão, que foi iniciada há mais de oito meses, verificou, que a partir das apreensões de munições feitas pela Polícia Civil do Pará, que uma associação criminosa estabelecida no Maranhão estava comercializando munições ao longo da Rodovia Transamazônica, na região do sudeste e sudoeste do Pará.
    Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão preventiva e 23 ordens de busca e apreensão domiciliar e empresarial. Além das prisões preventivas, ocorreram prisões em flagrante e foram apreendidas armas, munições, celulares, tabletes, drone, cheque, pólvora e documentos relativos ao objeto da investigação.

    Além do Maranhão, as ordens de prisão e mandados de busca e apreensão alcançaram alvos situados também em AltamiraBrasil NovoMedicilândiaRurópolis e Itaituba, localizados no estado do Pará.

    Os presos foram apresentados para o delegado de polícia das respectivas cidades pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e agora aguardam a audiência de custódia.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *