• Kitesurfista maranhense foi o melhor das Américas na Allianz Regatta, evento realizado na Holanda.

    O kitesurfista maranhense Bruno Lobo, que é patrocinado pelo Grupo Audiolar e pelo governo do Estado por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, além de contar com os patrocínios do Bolsa Atleta e da Revista Kitley, teve um excelente desempenho na Allianz Regatta, evento válido como etapa da Copa do Mundo de Vela e encerrado neste domingo (4), em Lelystad, na Holanda. Com uma performance de alto nível, Bruno foi o melhor kitesurfista das Américas e garantiu a nona posição na classificação geral da competição, que reuniu os principais nomes da modalidade no planeta.

    “Fui para a semifinal e bati na trave. Fiquei em segundo nas regatas das semis e eu precisava ter ganhado para avançar para a final. Mesmo assim, foi uma boa competição. Consegui andar sempre na frente. Talvez alguns erros e vacilos me tiraram do Top 5, mas estamos evoluindo a cada competição e fico feliz por isso. Agora é focar para o evento-teste das Olimpíadas que é no próximo mês”, comentou Bruno Lobo.

    O Top 10 na Allianz Regatta reforça a grande fase de Bruno Lobo na temporada de 2023. Em abril, o maranhense foi o melhor kitesurfista das Américas na 52ª edição do Troféu Princesa Sofia, um dos eventos mais tradicionais da vela, em Palma de Mallorca, na Espanha. Na competição, Lobo ficou em sétimo lugar entre os países e também conquistou a 11ª posição na classificação geral, que contou com a participação dos 115 melhores kitesurfistas do mundo. Também em abril, Bruno representou o Brasil na tradicional Semana Olímpica Francesa, disputada em Hyères.

    A temporada de 2023 é a mais importante da carreira de Bruno Lobo, que terá duas oportunidades para carimbar a vaga nos Jogos Olímpicos de 2024, em Paris, na França. O primeiro seletivo olímpico para o kitesurfista número 1 do Brasil será o Campeonato Mundial de Vela, entre os dias 10 e 20 de agosto, na cidade de Haia, na Holanda.

    Depois do Campeonato Mundial, Bruno Lobo ainda terá outro evento classificatório para os Jogos Olímpicos pela frente. Entre os dias 25 de outubro e 5 de novembro, o kitesurfista maranhense vai competir nos Jogos Pan-Americanos, em Santiago, no Chile. O Pan traz ótimas recordações para Bruno, que teve um desempenho histórico e faturou a medalha de ouro na competição de 2019, em Lima, no Peru.

     

    Socorro Reis se destaca na categoria feminina

    O Maranhão também contou com uma representante na categoria feminina da Allianz Regatta. Socorro Reis, que é patrocinada pela Fribal e pelo governo do Estado por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, além de contar com os patrocínios do Grupo Audiolar, da Revista Kitley e do programa Bolsa Pódio, ficou com a segunda melhor campanha entre as kitesurfistas das Américas, além de conquistar a 21ª posição na classificação geral do evento na Holanda.

    Socorro Reis acumula resultados expressivos nos primeiros eventos que disputou em 2023. Em fevereiro, a maranhense garantiu o segundo lugar das Américas e a nona posição na classificação geral do Clearwater US Open, que ocorreu em Clearwater, nos Estados Unidos. Pouco depois, em março, Socorro brilhou no Campeonato Pan-Americano de Fórmula Kite, em Cabarete, na República Dominicana, onde conquistou o vice-campeonato continental e ficou na terceira colocação na classificação geral. Além disso, Socorro Reis competiu na Semana Olímpica Francesa.

    As boas campanhas em competições continentais e mundiais aumentam a confiança de Socorro Reis em busca da tão sonhada vaga para os Jogos Olímpicos. A kitesurfista maranhense está confirmada no Campeonato Mundial de Vela e nos Jogos Pan-Americanos, onde poderá carimbar o passaporte para Paris 2024

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *